quinta-feira, 9 de setembro de 2010

o negócio é escrever mesmo

Tá todo mundo me olhando. Eu to rindo pro espelho. Me calo ao sentir que serei lembrada pelas cagadas que faço, pela carência acometida no desespero do desemprego. O fucking-ócio-Paranaense! Ah vá! Pulei amarelinha para passar o tempo, me exercitei. Abdominais, corridas, voltas de bicicleta para lugar nenhum.

Me caguei toda essa semana. Mas retomei as rédeas.

Tento retirar-me do caos teórico que esta cidade me deixa. Sem nada pra fazer, sem alguém me me acompanhe às minhas viagens a Lua.

Porra, deixei de saber o que exatamente faço aqui.

Blog sim. Terapia nunca!

2 comentários:

Ariela Venâncio disse...

- Em mim o que escreve é sim uma forma de terapia. rs

Lorena Bobbit disse...

Aí vai: "Moça, Olha só, o que eu te escrevi..
É preciso força pra sonhar e perceber
Que a estrada vai além do que se vê."

Volta! Volta! Volta! rs